Contato

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESCALADA ESPORTIVA – ABEE

CNPJ: 20.352.992/0001-23

Endereço: Rua Moliére, 450- c.50 – CEP: 04671-090

São Paulo / SP – Brasil

Email: contato@abee.net.br

6 comments

  • Wellington Dattilo

    Bom dia! Estou querendo dar aula de escalada em uma academia de escalada , sabe me dizer o que precisarei pra isso?! É necessário uma licença tenho experiência de 17 anos escalando Brasil e Europa.

    • Raphael Nishimura

      Wellington, hoje não existe um órgão que homologue instrutores de escalada, geralmente são pessoas formadas em educação física ou similar.

  • Diego Contaldo de Lara

    Olá, bom dia!

    Estou realizando uma pesquisa sobre a prática da Escalada em Minas Gerais. Gostaria de entrar em contato com alguém da ABEE para entrevista. Gostaria de conversar sobre a história da entidade, organização, atividades e dados acerca da escalada no Brasil.

    Desde já agradeço a atenção.
    Diego Contaldo de Lara

  • Boa noite. Primeiramente gostaria de saber quando foi fundada a Abee. Segundo: Instrutor de escalada. Só para deixar claro. Quando, salvo melhor juízo a pessoa que faz SOMENTE a segurança, verifica a cadeirinha, nós, ancoragens, pode ser qualquer pessoa, não necessariamente da E.F.Art. Agora, quando essa pessoa “ensina”, dá alongamento, programa exercícios, etc… TEM que ser da E. F. e bacharel ou antigo Pleno. Caso o faça estará incluso no exercício ilegal da profissão, Constitui contravenção penal !!! Observação: 1º – O Profissional de Educação Física é especialista em atividades físicas, nas suas diversas manifestações – ginásticas, exercícios físicos, desportos, jogos, lutas, capoeira, artes marciais, danças, atividades rítmicas, expressivas e acrobáticas, musculação, lazer, recreação, reabilitação, ergonomia, relaxamento corporal, ioga, exercícios compensatórios à atividade laboral e do cotidiano e outras práticas corporais -, tendo como propósito prestar serviços que favoreçam o desenvolvimento da educação e da saúde, contribuindo para a capacitação e/ou restabelecimento de níveis adequados de desempenho e condicionamento fisiocorporal dos seus beneficiários, visando à consecução do bem-estar e da qualidade de vida, da consciência, da expressão e estética do movimento, da prevenção de doenças, de acidentes, de problemas posturais, da compensação de distúrbios funcionais, contribuindo ainda, para consecução da autonomia, da auto-estima, da cooperação, da solidariedade, da integração, da cidadania, das relações sociais e a preservação do meio ambiente, observados os preceitos de responsabilidade, segurança, qualidade técnica e ética no atendimento individual e coletivo. Sem Mais. Att: Thomas Schulze, Bel E.F. 013024G-RS (25 anos de montanhismo/escalada).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *